Mulher luta na Justiça para receber indenização de Cooperativa Veicular

Uma reportagem veiculada do Balanço Geral MG, programa da TV Record, contou a história de uma mulher que, desde novembro do ano passado luta para receber uma indenização após ter uma motocicleta furtada. A vítima havia feito um seguro com uma associação de proteção veicular.

De acordo com as informações do jornal, assim que o furto aconteceu, um boletim de ocorrência foi feito e a associação solicitou um prazo de 90 dias para pagar, entretanto, até hoje, não realizou o pagamento. “O prazo do pagamento seria até 26 de março, e passado o prazo, nada aconteceu”, conta a mulher, que preferiu não se identificar.

Quase um ano após o acontecido, a justiça determinou a penhora dos bens da empresa para garantir que o pagamento fosse feito, mas nada foi encontrado em nome dos proprietários da associação. “Fiz o seguro para ficar protegida, mas fui roubada e não recebi a indenização”, revelou a mulher.

A vítima comprou a motocicleta em 36 parcelas, mas conseguiu pagar apenas 18, já que sem o veículo, não consegue trabalhar. “Tive muitas perdas com a moto, e agora não sei como é que vai ficar porque queria que a justiça ou eles mesmos tivessem uma posição, né?”, conta.

À reportagem, a Way Protege afirmou que irá realizar o pagamento, entretanto, vai recorrer para solicitar um abatimento de R$ 900 referente ao valor da franquia.

O post Mulher luta na Justiça para receber indenização de Cooperativa Veicular apareceu primeiro em CQCS.

Source: CQCS Mulher luta na Justiça para receber indenização de Cooperativa Veicular