Assistência digital de Seguradora chega ao Google Assistente e oferece vários serviços exclusivos

Para promover melhorias, é necessário fazer investimentos. A Bradesco Seguros, então, chega ao Google Assistente através da BIA (Bradesco Inteligência Artificial), oferecendo uma gama de serviços exclusivos para segurados. No segmento do Seguro Auto, em caso de batida de carro, panes (seca, elétrica ou mecânica), troca de pneu ou ajuda com chaveiro, o usuário poderá solicitar o serviço por mensagem de voz ou escrita. É só dizer “Falar com BIA do Bradesco”, que será dado início ao atendimento. A assistente digital da Seguradora foi concretizada em 2017 para clientes do banco, pois integra um projeto do Grupo Bradesco que tem como objetivo melhorar a experiência do usuário com o que existe de mais moderno em Inteligência Artificial. Atualmente, BIA responde perguntas tanto escritas quanto faladas e possui, em média, 74 mil usuários por dia, somando quase 44 milhões de interações. O sistema responde aproximadamente 5.500 perguntas por hora sobre 82 tipos diferentes de serviços do banco e da seguradora. Fruto disso, os usuários têm 85% de satisfação. O presidente do Grupo Bradesco, Vinicius Albernaz, comenta sobre o fato de serem pioneiros: “Fomos a primeira seguradora a investir em inteligência artificial e esta é uma tendência mundial, que facilita o dia a dia das pessoas, trazendo agilidade e comodidade”, destaca. “A inovação é prioridade na Bradesco Seguros e, por isso, queremos ser úteis para oferecer a melhor experiência para os nossos clientes em todos os momentos”, acrescenta. Já Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, comenta a importância da inteligência artificial na vida das pessoas: “Além de trazer toda a ajuda da Busca e de nossos outros serviços, o Google Assistente...

Companhia estima crescimento no segmento de Grandes Riscos

O Superintendente de Grandes Riscos da Sompo Seguros, Edson Toguchi, participou do Programa Seguro, que foi exibido neste domingo (23), às 20h30, na TV Gazeta. Os assuntos abordados foram as estimativas de crescimento da companhia e as tendências para os seguros corporativos. A utilização do chatbot na contratação do Seguro Garantia também foi um dos temas em pauta. Durante a conversa com o apresentador Bóris Ber, presidente em exercício do Sincor-SP, Toguchi falou sobre os investimentos da Seguradora em novas ferramentas para propiciar negócios. “A Sompo é a primeira seguradora do Brasil a utilizar esse tipo de tecnologia para a contratação de seguros”, salienta. “Além disso, a companhia colocou treinamentos para que os corretores pudessem conhecer mais sobre o produto, bem como sobre como se valer da inteligência artificial para facilitar a emissão de apólices”, completa. O Superintendente comentou sobre as expectativas de crescimento da Seguradora e das oportunidades que incentivarão o segmento de Grandes Riscos. Dentre os planos de investimentos, a Sompo busca desenvolver novas soluções em seguros para atender a demandas dos mais diversos públicos. Uma das estratégias recentes foi o lançamento da Área de Agronegócios, criada com a finalidade de desenvolver produtos voltados para a atividade rural. O post Companhia estima crescimento no segmento de Grandes Riscos apareceu primeiro em CQCS. Source: CQCS Companhia estima crescimento no segmento de Grandes...

Entenda quando começa o prazo para seguradora declinar proposta

Quando começa a contagem do prazo de 15 dias para que a seguradora decida se vai ou não declinar uma proposta de seguro. Essa questão foi apresentada por membro de um dos grupos de Whatsapp  do CQCS o “Bom dia Seguro” que possui mais de 3 mil Corretores de todo Brasil. Há quem entenda que esse prazo começa a partir do momento que a proposta é protocolada. Outros, contudo, alegam que é preciso aguardar a vistoria. Mas, o que deve prevalecer? “Essa é, de fato, uma questão muito polêmica”, afirma o presidente do Sincor-DF, Dorival Alves de Sousa, em entrevista ao CQCS. Contudo, ele entende que o correto é a contagem ter início assim que houver a transmissão da proposta ou o protocolo na seguradora. “Não é a partir da vistoria, que pode acontecer a qualquer momento ou mesmo ser dispensada pela seguradora”, acrescenta. Para o presidente do Sincor-DF, a partir do protocolo ou da transmissão da proposta, está assegurada, inclusive, a cobertura do segurado. “A pergunta que se deve fazer é: e se ocorrer um acidente com o veículo segurado antes da vistoria? Não há cobertura? Estou certo que qualquer decisão na Justiça vai condenar a seguradora, que estava ciente do risco”, conclui Dorival Alves de Sousa.   Deseja fazer parte do Grupo Bom Dia Seguro no WhatsApp do CQCS? Realize o seu cadastro através do link abaixo e venha compartilhar conhecimento com os colegas Corretores de Seguros. https://www.cqcs.com.br/cadastre-se/ Caso você já seja cadastrado no CQCS, envie um Fale Conosco solicitando participar do grupo. Link: https://www.cqcs.com.br/fale-conosco/ O post Entenda quando começa o prazo para seguradora declinar proposta apareceu primeiro em...

Fundación MAPFRE vai a estações de Metrô alertar o público feminino sobre problemas cardíacos

Ao longo da próxima semana, o programa “Mulheres pelo Coração” leva exames e orientações para estações Tatuapé, República e Barra Funda   São Paulo, 21 de setembro de 2018 – Em comemoração ao Dia Internacional do Coração (29 de setembro), a Fundación MAPFRE leva as atividades do “Mulheres pelo Coração”, criado com o objetivo de alertar o público feminino sobre os riscos de problemas cardiovasculares, para o metrô de São Paulo na próxima semana. A iniciativa passará pelas estações República, nos dias 24 e 25, Tatuapé e Barra Funda, em 27 e 28 de setembro, quando serão realizados exames de bioimpedância, associados a orientação nutricional e entrega do guia “Pela Saúde do Coração”, elaborado por médicos do HCor com informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares. Com o tema “Empoderamento do Coração” as atividades do programa buscam incentivar hábitos de vida mais saudáveis por meio de diversas ações na cidade de São Paulo, em linha com a cultura da mulher brasileira e sua versatilidade. A Fundación MAPFRE acredita que ampliar o conhecimento de todos sobre o assunto é uma maneira eficaz de ajudá-lo a fortalecer a saúde coronariana. A programação da iniciativa inclui ainda aulas de zumba gratuitas durante três domingos em setembro e outubro (30/9, 7 e 21/10), na Avenida Paulista. Além disso, também foram realizadas atividades em parques da capital e durante a Corrida Venus, prova exclusiva para o público feminino com percursos. “Mulheres pelo Coração” no Metrô Quando? 24 e 25 de setembro na estação República. 27 e 28 de setembro, nas estações Tatuapé e Barra Funda, das 8h às 17h. Como vai ser?...

OAB discute mercado marginal e os riscos para o setor de seguros

A Comissão de Direito Securitário da OAB-SP realizará a palestra “Mercado marginal e seus riscos para a atividade seguradora” no próximo dia 27, no auditório do Sindseg-SP, em São Paulo. Na ocasião, participarão do debate o diretor de supervisão de conduta da Susep, Carlos Alberto de Paula, o diretor do conselho fiscal do Sincor-SP, Edson Fecher, e a superintendente jurídica da CNseg, Glauce Carvalhal. “Estou certa da relevância e oportunidade para discussão do tema, bem como da importância de conhecermos o entendimento das principais entidades do mercado segurador a respeito”, declara a presidente da Comissão, Débora Schalch. Com vagas limitadas, a entrada para o evento é 1kg de alimento não perecível. Serviço: Data: 27 de setembro Horário: 14h às 17h30 Local: Sindseg-SP Endereço: Avenida Paulista, nº 1294, 4º andar Inscrições. O post OAB discute mercado marginal e os riscos para o setor de seguros apareceu primeiro em CQCS. Source: CQCS OAB discute mercado marginal e os riscos para o setor de...

Corretor: saiba como concorrer a prêmios de até R$ 30 mil

A categoria especial da edição 2018 do “Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros” criada para marcar os 50 anos de fundação da Fenacor vai pagar prêmios de R$ 30 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil para os três primeiros colocados. Nessa categoria, poderão ser inscritos textos elaborados por corretores de seguros e outros profissionais do mercado. Mas, é preciso ficar atento para inscrever o trabalho na categoria correta. Assim, quando for realizar a inscrição de texto, o corretor ou outro profissional deve fazê-lo apenas na categoria “FENACOR 50 ANOS”, que foi criada apenas para esta edição do prêmio. As demais são exclusivas para jornalistas profissionais. Lembramos ainda que o trabalho precisa ser necessariamente publicado em sites, jornais ou revistas, antes da inscrição, que deve ser feita pelo próprio autor, neste endereço eletrônico: https://www.fenacor.org.br/premiodejornalismo/ Podem ser inscritos trabalhos que tratam da trajetória do Corretor de Seguros e o papel desempenhado pela Federação no desenvolvimento do Mercado de Seguros nessas cinco décadas, assim como as perspectivas do Setor para os próximos anos. Alguns portais abriram espaços específicos para a publicação desses trabalhos. É o caso do CQCS, que recebe os textos para publicação no seu “Fale Conosco”, neste endereço eletrônico: https://www.cqcs.com.br/fale-conosco/, basta identificar que é um artigo para concorrer ao prêmio. O “Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros” é organizado pela Fenacor, com o apoio institucional da CNseg e da Escola Nacional de Seguros. Foram mais de 1,2 mil inscrições nas duas primeiras edições, se consolida a cada ano como a maior premiação voltada para a imprensa brasileira, com quase R$ 300 mil distribuídos aos vencedores. Além disso, tem...