Porto Seguro anuncia aliança estratégica com segurador

A Porto Seguro e a AIG anunciaram, nesta quinta-feira, 13 de dezembro de 2018, uma aliança estratégica em seguros de responsabilidade civil para o mercado brasileiro de Pequenas e Médias Empresas. Pelos termos, a Porto Seguro passará a oferecer cinco novos produtos já comercializados pela AIG ao mercado PME até um valor contratado, contando com o conhecimento e a garantia de proteção de resseguro da AIG. Os produtos que fazem parte da negociação são: Gestão Protegida (D&O), RC Profissional, Riscos Cibernéticos, Ambiental Transporte e Operador Portuário. “Com esta parceria, as duas seguradoras combinam o relacionamento comercial, atendimento e prestação de serviços da Porto Seguro, com a experiência especializada neste mercado da AIG.  Desta forma, o segmento PME passa a contar com mais opções de seguro em responsabilidade civil e, por sua vez, os corretores terão novas oportunidades de negócios, potencializando a oferta de soluções de seguros”, explica Marcelo Picanço, Diretor Geral de Seguros e Investimentos da Porto Seguro “Esta aliança estratégica com uma companhia referência de mercado como é a Porto Seguro reforça o compromisso da AIG com o Brasil e com a região, onde buscamos fortalecer nossa presença por meio de crescimento orgânico e de parcerias inovadoras como esta, desenvolvendo soluções de seguros e resseguros de acordo com as oportunidades de cada mercado”, complementa o CEO Regional da AIG para América Latina, Paride Della Rosa. O acordo [LSA1]  está sujeito à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE)  e os novos produtos da Porto Seguro ficam condicionados à obtenção do registro junto ao órgão regulador, Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). O post Porto Seguro anuncia aliança estratégica...

Seguradora é a primeira do Brasil a oferecer seguro de carros compartilhados à microempresários

De olho no mercado de carros compartilhados, a Liberty Seguros fechou parceria com a moObie para ser responsável pela proteção dos carros disponíveis no catálogo da plataforma de automóveis compartilhados Dessa forma, a companhia ingressa no mercado de compartilhamento de carros peer to peer (aluguel de pessoa para pessoa), oferecendo uma nova modalidade de seguro para proprietários de automóveis disponíveis na moObie, plataforma referência em mobilidade no Brasil. A parceria entre as companhias tem o objetivo de expandir as oportunidades de quem procura fazer renda extra com o compartilhamento de carros. O funcionamento é simples. A locação acontece de Pessoa para Pessoa (P2P) por meio de app intuitivo e prático da moObie. O proprietário cadastra seu carro, que passa por uma validação na qual serão verificados a situação do veículo junto ao Detran/Denatran, vigência do seguro e critérios de elegibilidade (modelos de 2008 em diante e com menos de 100mil km rodados), com outros critérios também sendo avaliados pela equipe da moObie. Por parte dos locatários, após aprovação do cadastro, o interessado acessa o app para buscar o veículo disponível mais indicado à sua necessidade em um mapa de localização, verifica preço e solicita a reserva. Do outro lado, o dono visualiza o pedido e tem autonomia para aceitar ou não a solicitação na data especificada, de acordo com sua disponibilidade. O pagamento é feito no ato da confirmação da reserva via cartão de crédito do condutor e entra na conta do proprietário do carro cadastrada na moObie em datas pré-definidas. No ato da entrega das chaves, é realizado um check-in no próprio app e na devolução é feito...

Diretora de Marketing da MetLife conta trajetória profissional em livro

A diretora de Marketing da MetLife, Ana Beatriz Fuhrmann Basso, participou, na noite desta quarta-feira (12), na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo, do lançamento do livro “Mulheres do Marketing”. A obra reúne relatos das experiências de profissionais de destaque, que investiram no próprio desenvolvimento e hoje são referências no mercado. Na publicação, a executiva conta sua trajetória profissional na área de marketing e os desafios que enfrentou, ao longo dos últimos anos, até chegar ao posto que ocupa atualmente. “Eu recebi o convite e achei o projeto muito bacana, não só por compartilhar a minha história, mas também por poder ler as trajetórias das outras executivas, trocar experiências e criar esse grupo com grandes profissionais”, explica a diretora de Marketing da MetLife. Formada em Administração pela FAE Business School, ela conta que aproveitou o período da faculdade para descobrir com qual área se identificava mais. “Fiz Administração porque não tinha muita clareza sobre em qual área seguir e achava era um curso genérico, que poderia me abrir muitas portas. Então, em seguida, aproveitei o período da faculdade para entender não só a área com a qual eu me identificava mais, mas também o tipo de cultura, o tipo de empresa. Fiz estágio desde o primeiro ano, em instituições como o Citi e o Santander”, revela. Mas foi quando atuou na Philip Morris, empresa multinacional produtora de tabaco, que teve sua primeira experiência com marketing. “Aí me apaixonei pela área”, lembra. Há quase quatro anos na MetLife, não poupa elogios para a companhia e para o mercado segurador. “O bacana de se trabalhar em uma empresa global...

Seguro de vida é ramo com diversas oportunidades

Revista da Aconseg-SP – NÚMERO 44 – OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2018 Corretores de Seguros compartilham experiência com essa carteira O ano de 2018 foi marcado pela campanha “Diga sim para o seguro de vida”, criada pela Aconseg-SP para dar ênfase à importância deste seguro e as oportunidades de negócios para os corretores de seguros parceiros das assessorias. Confira os relatos de alguns profissionais que trabalham com este ramo. Simone Cavalcante, corretora de seguros e sócia da SL Cavalcante, compartilha que encontrou um nicho no seguro de vida. “O mercado que achei carente foi o de seguro de vida para as empresas com frotas e vans, que querem contratar APPs (acidente pessoal por passageiro e motorista)”. Segundo ela, a cobertura deste seguro específico cobre morte acidental, invalidez permanente total, despesas médico-hospitalares, para o condutor e para o passageiro. “É um seguro barato para aquelas companhias que possuem veículos na rua e ganhamos pelo montante”. Simone conta que no ano passado não trabalhava com o produto, mas com a crise começou a diversificar a carteira e, por isso, aumentou 300% neste nicho. “Aprendemos a atender o cliente como um todo, não somente com um produto, oferecendo para a mesma carteira outros seguros como o de vida”, comenta sobre o processo de cross-selling. No ano passado, segundo Simone, ela trabalhava apenas com mais uma pessoa. “E nesse ano, além de mim, há mais duas pessoas, além da parceria com a assessoria de seguros, que é muito boa e me ajuda a aumentar a atuação neste nicho, dando assistência no que precisamos”. Para o ano que vem, Simone quer aumentar ainda mais o trabalho...

Suicídio ocorrido nos primeiros dois anos de contrato de seguro de vida não enseja indenização a beneficiário

A decisão foi unânime. Recurso contra decisão que obrigou seguradora a pagar apólice de seguro de vida à mãe de um segurado falecido por suicídio foi provido junto à 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO). Sob relatoria da desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis, a Quarta Turma Julgadora acordou, à unanimidade, em prover a apelação cível. Segundo a advogada da seguradora no processo, Telma Coelho, os magistrados acolheram o argumento de que de que o suicídio, nos contratos de seguro de vida, é risco não coberto se cometido nos primeiros dois anos de vigência do contrato, situação na qual se encaixa o caso em questão. Telma Coelho conta que o processo foi ajuizado pela mãe do segurado, em busca de uma indenização pela cobertura da morte no valor de R$ 516.960. “Em primeira instância o magistrado condenou a seguradora ao pagamento de R$ 258.480, sob argumento de que a seguradora estava tentando se eximir do pagamento indenizatório, posto que não havia sido comprovada a premeditação do segurado”, relata. Ela acrescenta, no entanto, que a questão do suicídio já havia sido dada por encerrada, no artigo 798 do Código Civil (CC) de 2002, afastando a necessidade de comprovar a premeditação. “Sendo assim, em segunda instância, houve reforma da sentença na íntegra, fundamentada no artigo 798 do CC, o qual estabeleceu novo critério, de índole temporal e objetiva, restando totalmente dispensável a análise do elemento subjetivo”, destaca Telma Coelho. No caso em apreço, conforme decidido pela desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis, considerando que o suicídio do segurado ocorreu no biênio de carência contratual, o beneficiário não...

Cursos técnicos online têm ampla oferta com início imediato

Ideais para lapidar conhecimentos, os cursos técnicos apresentam abordagens mais práticas para facilitar o acesso ao mercado de trabalho. No momento, a Escola Nacional de Seguros oferece 13 opções com início imediato na modalidade online, que permite aos alunos personalizar o ritmo de estudo.   Os programas abordam temas como Seguro de Automóveis, Teoria Geral do Seguro, Seguro Aeronáutico, Seguro Compreensivo, Matemática Financeira, Seguro Rural, Mercado Financeiro, Direito do Seguro e Seguro de Pessoas.   De acordo com o curso escolhido, a carga varia de 5 a 34 horas/aula e o investimento entre R$ 112,00 e R$ 514,00. No site ens.edu.br é possível efetuar matrícula e acessar mais informações.   O post Cursos técnicos online têm ampla oferta com início imediato apareceu primeiro em CQCS. Source: CQCS Cursos técnicos online têm ampla oferta com início...