Zurich premia corretores e parceiros com viagem para Lisboa

A Zurich, seguradora global com mais de 70 anos de atuação no Brasil, levará corretores de Afinidades, corretores da categoria Infinite Blue do Programa de Relacionamento Experiência Zurich e parceiros estratégicos para Lisboa, capital de Portugal. Marcio Benevides, Head de Distribuição Brasil & Bancassurance, destaca a importância deste evento para estreitar laços e impulsionar novos negócios. “Propiciar esse encontro por alguns dias é uma forma de reconhecer, valorizar, agradecer e celebrar. Os corretores desenvolvem papel vital para o desenvolvimento, amadurecimento e evolução do mercado de seguros e esta viagem ratifica o verdadeiro valor de uma próspera parceria. É o reconhecimento pela dedicação, foco e empenho”, aponta o executivo. A viagem acontece de 20 a 26 de maio. O roteiro personalizado foi cuidadosamente elaborado para propiciar uma vivência única aos convidados da Zurich e oferecerá experiências típicas do destino – como visita a Évora, à vinícola Herdade do Esporão e Fátima – e promete ser memorável para todos os viajantes.   O post Zurich premia corretores e parceiros com viagem para Lisboa apareceu primeiro em CQCS. Source: CQCS Zurich premia corretores e parceiros com viagem para...

Crescimento no setor de transporte de cargas gera novas oportunidades

O crescimento no setor de transporte de cargas é um índice dos sinais de recuperação da economia brasileira, podendo refletir em outros diversos segmentos. Os números começam a confirmar a aproximação de um cenário mais promissor. O Porto de Santos obteve, em março passado, a maior movimentação de cargas já registrada em um mês do primeiro semestre: 12,24 milhões de toneladas, resultado 12,7% superior comparado ao mesmo mês em 2017. De acordo com dados da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o acumulado de janeiro a março já supera em mais de 10% o movimento recorde do primeiro trimestre do ano passado. Já as cargas aéreas somaram 217,4 milhões de toneladas no primeiro trimestre deste ano, 38,5 milhões a mais do que no mesmo período de 2017, segundo balanço do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. O mês de março apresentou o maior crescimento, de 27,15%. O crescimento no setor de transporte de cargas no país promete criar novas oportunidades para o ingresso neste segmento, como por exemplo, a atividade de Comissário de Avarias, um especialista na análise de dados. A Escola Nacional de Seguros oferece um curso nesta modalidade, Curso para Habilitação de Comissários de Avarias, com foco em todos os aspectos da atividade, como análise da ocorrência de sinistros e vistoria de mercadorias, bens e equipamentos danificados. O curso é composto por disciplinas como Direito e Legislação do Seguro Transportes, Noções de Comércio Exterior, Transporte Aéreo de Cargas, Organização Portuária e Retroportuária Alfandegada, e Processo de Sinistro do Seguro Transportes. Com início previsto para agosto, a próxima turma será em Guarulhos (SP) e as inscrições já...

Mercado de seguros prestigia 59 anos do Clube dos Seguradores com a Presença da Tokio Marine

Nesta quinta-feira, dia 18, o Clube dos Seguradores da Bahia fez um evento para celebrar os os 59 anos de atividades da entidade. Além disso, também foi empossada a nova diretoria que é, na verdade que, mais uma vez, contará sob a presidência de Fausto Dórea que reeleito. Diversas personalidades do mercado segurador e muitos corretores estiveram presentes. O diretor comercial da Tokio Marine, José Luiz foi o palestrante da noite. Josimar Antunes, corretor e diretor do Clube dos Seguradores, destacou a presença dos convidados e a importância do clube. “Parabéns a Fausto que tem feito um trabalho bem feito, uma gestão com honradez e determinação”, destacou. Nelson Uzêda, diretor do Clube, disse que o aniversário do Clube dos Seguradores da Bahia é uma comemoração de todo o mercado baiano. “O clube contribui com a formação de todos profissionais do mercado, além de estimular a integração de todos”, afirmou. O presidente do Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro (CVG-RJ), Carlos Ivo, agradeceu o convite para participar do evento e enalteceu também a importância do Clube. “Desejo muito sucesso a todos: ao clube pelos 59 anos e a Dórea, na nova gestão”, destacou. Para o corretor Leandro Prates Soares, “o clube é importante para o mercado como um todo porque ele ajuda a disseminar a cultura do seguro”, afirmou. Já o diretor da corretora Sudamérica Vida, Luciano Fracaro, é importante para a companhia participar desse evento. “Tenho certeza que o foco do clube sempre foi contribuir para a união dos corretores. O clube ajuda a promover a união entre corretores e seguradores”, disse. Já Davi Novloski, diretor comercial,...

Corretores de Mato Grosso celebraram os 29 anos do Sincor

Confraternização contou com a presença de profissionais que ajudaram a fundar a entidade, além de representantes de várias seguradoras Profissionais de várias companhias seguradoras e o SindSeg – MG/GO/MT/DF também bateram ponto na data festiva. Estavam presentes alguns profissionais históricos do Sincor em Mato Grosso, onde, na segunda metade dos anos 1980, os corretores começaram a se organizar coletivamente. Foi nessa época que surgiu, inicialmente a associação dos corretores que, logo em seguida tornou-se o Sindicato dos Corretores de Seguros de Empresas Corretoras de Seguros e de Capitalização no Estado de Mato Grosso – Sincor-MT. Desse pequeno grupo de corretores que, naqueles anos, reuniu-se em um “fundo de quintal” para conversas embrionárias em torno de uma ideologia coletiva voltada para o mercado segurador local, pelo menos dois compõem a atual diretoria do Sincor-MT: Maria Inês Pereira Vaz, diretora de Mercado e Ricardo Fabio Gnaspini, 1º vice-presidente. “Estávamos diante de um mercado virgem”, destacou Anastácio Silvestre Correia que, juntamente com Celso Salvador Vaz, participava dessas primeiras reuniões. Os pioneiros da atuação sindical em Mato Grosso têm opiniões comuns em torno do amadurecimento do setor regional dos seguros. O fato de que o mercado, naturalmente, exclui os maus profissionais; e a necessidade de prosseguir na oferta de qualificação profissional, como vem acontecendo nos últimos anos, através de parcerias com companhias seguradoras e, especialmente, com a Escola Nacional de Seguros, são pontos convergentes entre as lideranças históricas do trabalho sindical. A atual Diretora Social do Sincor-MT, Sara Melo da Silva, usou da palavra para agradecer a presença de todos. O post Corretores de Mato Grosso celebraram os 29 anos do Sincor apareceu...

Clube dos Seguradores da Bahia empossa nova diretoria

Ao comemorar 59 anos de fundação, o Clube dos Seguradores da Bahia deu posse solene a nova diretoria em cerimonia realizada no Hotel Fiesta, Salvador, nesta quinta feira, 17 de maio. Fausto Dorea segue no comando da entidade para mais um mandato (2018-2020). “Com 28 patrocinadores, o Clube reitera sua importância. Poucas entidades alcançam 59 anos de existência com tal aderência.” Fausto ressalta que a entidade não tem fins lucrativos e que apesar de ter uma agenda extensa como executivo da Previsul Seguradora, gosta de pessoas. “Já perdi a conta de quantos mandatos estou a frente do Clube. Se me querem aqui, maravilha. Estou pronto para mais quantos mandatos vocês me conduzirem. Só Deus pode mudar o destino das pessoas. Vou fazer uma cirurgia no coração, mas vocês não vão se ver livres de mim tão fácil não. Volto logo!”, disse o presidente em seu discurso de abertura. A Tokio Marine foi a seguradora protagonista da noite. O diretor comercial José Luis da Silva deu o seu recado. “Nossa escolha comercial é muito clara: temos o corretor de seguros como único canal de distribuição dos produtos da Tokio Marine. E a razão é muito simples: relacionamento. O seguro só é sustentável a partir do principio da credibilidade entre os seus parceiros – segurados, corretores e seguradores. E o relacionamento é o pilar central dessa estrutura. José Luiz se pergunta quantas vezes não ouviu dizer que a figura do corretor de seguros seria extinta. “Há anos ouço que os bancos entrariam na comercialização pra valer, e que isso tiraria o corretor do front. Aconteceu justamente o contrário. Nunca o corretor...